Delegado da Lava Jato diz que Janot está “em uma cruzada contra a polícia”

Um dos integrantes da força-tarefa, Marcio Anselmo diz que o procurador-geral da República tenta neuutralizar e engessar a atuação da Polícia Federal.

O delegado da Polícia Federal Marcio Anselmo, integrante da força-tarefa da Lava Jato, criticou o posicionamento do procurador-geral da República Rodrigo Janot, que é contrário à possibilidade de a PF firmar acordos de colaboração premiada.

Segundo o delegado, a celebração do acordo por parte da polícia está prevista em lei e Janot tenta “concentrar poder no Ministério Público como se fosse praticamente um regime absolutista”.

“O procurador-geral da República vem passando por uma cruzada contra a polícia, isso é claro em todas as posições dele. Ele contraria a lei em prol do que ele acredita”, disse Anselmo.

Anselmo reclamou que é comum que a polícia fique“refém” e seja surpreendida por acordos de colaboração negociados apenas com o MPF. “A gente está trabalhando e de repente a gente é surpreendido por uma colaboração que a gente não fazia a mínima ideia que estava acontecendo. E inclusive que deixa de contemplar fatos que já estavam sob investigação”, disse o delegado.

Fonte:

http://www.gazetadopovo.com.br/vida-publica/delegado-da-lava-jato-diz-que-janot-esta-em-uma-cruzada-contra-a-policia-b3uibkjh7g1cseyazv396q28g?comp=whatsapp